Paraiso

Naquele lugar distante onde cada raio de sol é ouro.
Onde cada grão de areia vale mais que um tesouro.
Naquele lugar distante onde as árvores são anjos protectores.
Onde cada palmo de terra esconde mais de mil amores.
Naquele lugar distante onde o mar abraça o céu.
Onde a verdade e a ilusão estão separadas por um véu.
Naquele lugar distante onde a brisa recita poemas.
Onde as palavras brotam de cascatas, não se dá valor aos problemas.
Naquele lugar distante onde os sons da natureza compõem uma melodia.
Onde cada réstia de luar transforma a noite em dia.
Naquele lugar distante onde cada rocha conta uma história.
Onde as aves voam livres até ao horizonte da memória.
 
É naquele lugar distante que eu quero estar.
Naquele sitio perdido emoldurado pelo mar.
É naquele lugar distante que eu me quero perder.
Naquele sitio esquecido que a chuva gosta de percorrer.
 
Aquele lugar distante que anseio encontrar.
Continua abandonado, pronto para se dar.
Aquele lugar distante que espera por mim.
Indiferente ao que o rodeia, permanece assim.
 
Liliana

 
Esta entrada foi publicada em Sem categoria. ligação permanente.

Uma resposta a Paraiso

  1. berry diz:

    hi!I\’m a Chinese. Though I can\’t understand your language, I see some pictures of China, have you ever been here before? How do you like it?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s