Vida inimiga

A vida que hoje vivo não me quer deixar avançar.

Por muito que me impeça não vou parar de lutar.

Embora todas as portas se fechem, continuarei a insistir.

Por muito que me faça não irei desistir.

Leva-me por falsos caminhos, tenta fazer-me perder.

Por muito que me doa não a vou deixar vencer.

Numa encruzilhada estou, não tenho para onde ir.

Por muito que me afaste, não deixarei de sorrir.

Com a vida por inimiga não sei que destino terei.

Por tudo a que me obriga, não mais resistirei.

 

Liliana

 

Esta entrada foi publicada em Sem categoria. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s